EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Exército israelita mata "por erro" adolescente palestiniano

Exército israelita mata "por erro" adolescente palestiniano
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A aldeia de Beit Our Al-Tahta, perto de Ramallah, na Cisjordânia, está de luto depois de soldados israelitas terem matado a tiro um adolescente palestiniano e ferido vários outros, aparentemente “por

PUBLICIDADE

A aldeia de Beit Our Al-Tahta, perto de Ramallah, na Cisjordânia, está de luto depois de soldados israelitas terem matado a tiro um adolescente palestiniano e ferido vários outros, aparentemente “por erro”, depois de os terem confundido com um grupo responsável pelo lançamento de pedras e engenhos incendiários.

Rafat Badran, pai do adolescente morto, explica que as tropas israelitas “recusaram o acesso de ambulâncias palestinianas ao local” do incidente. Diz que “os feridos foram deixados a sangrar e Mahmoud morreu”. E acrescenta que quando tentou aproximar-se, os soldados “apontaram as armas e ameaçaram disparar”.

Os dirigentes palestinianos denunciaram, por seu lado, um “assassinato”, que classificaram como o mais recente exemplo do uso excessivo de força por parte do Exército israelita. O incidente teve lugar na estrada principal que liga Jerusalém a Telavive, atravessando pelo meio da Cisjordânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estados Unidos vetam projeto para ONU reconhecer Palestina como membro pleno

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP

Israel ataca acampamento no pátio de hospital