Última hora
This content is not available in your region

EasyJet tenta contornar "Brexit"

De  Patricia Cardoso com Reuters, AFP, ANSA
EasyJet tenta contornar "Brexit"
Tamanho do texto Aa Aa

Preocupada com o futuro, a EasyJet pediu um certificado de transporte aéreo num outro país da UE, mas não foi especificado qual.

A companhia aérea britânica de baixo custo procura manter-se no Céu Único Europeu e manter as atividades na Europa.

O mercado único do transporte aéreo permite a uma companhia de um país da UE operar em todos os Estados membros sem restrições. Mas as companhias aéreas britânicas podem perder o acesso devido à vitória do “Brexit”.

A companhia britânica reconhece ter iniciado as negociações com vários reguladores nacionais antes do referendo.

A EasyJet adianta, no entanto, que não pretende mudar a sede do aeroporto londrino de Luton, pelo menos até à conclusão das negociações entre Londres e Bruxelas.