EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Rússia e Turquia retomam contactos

Rússia e Turquia retomam contactos
Direitos de autor 
De  Miguel Roque Dias com Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Rússia e a Turquia retomaram as relações depois da tensão, dos últimos meses, provocada pelo abate de um avião russo pelas forças turcas, em novembro do ano…

PUBLICIDADE

A Rússia e a Turquia retomaram as relações depois da tensão, dos últimos meses, provocada pelo abate de um avião russo pelas forças turcas, em novembro do ano passado.

Os chefes da diplomacia russa e turca, Serguei Lavrov e Mevlut Cavusoglu, encontraram-se esta sexta-feira, em Sóchi, no sul da Rússia.

“Os nossos presidentes falaram ao telefone. Foi muito construtivo e eles encarregaram-nos de dar sequência a essa conversa para normalizar as relações e fazê-las chegar ao nível adequado”, declarou Mevlut Cavusoglu.

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, evidenciou que a normalização das relações entre os dois países vai ajudar a luta contra o terrorismo. “O nosso trabalho conjunto na luta contra o terrorismo é cada vez mais urgente. Formamos um grupo de trabalho bilateral na luta contra o terrorismo, que é composto por representantes dos ministérios dos Negócios Estrangeiros e das forças especiais”, informou.

O retomar dos contactos só foi possível depois do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ter enviado uma carta de desculpas ao homólogo russo, Vladimir Putin, pelo abate do bombardeiro, que levou à morte de dois russos.

Moscovo já ordenou o levantamento das sanções contra a Turquia, a nível turístico, e a normalização das relações comerciais com Ancara.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal russo ordena prisão da viúva de Alexei Navalny

Primeiro-ministro da Índia critica invasão russa à Ucrânia durante encontro com Putin

Descarrilamento de comboio no norte da Rússia faz três mortos e dezenas de feridos