Célula de Verviers: Penas de 8 a 16 anos para quatro terroristas

Célula de Verviers: Penas de 8 a 16 anos para quatro terroristas
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Tribunal Correcional de Bruxelas pronunciou na terça-feira sentenças que vão até 16 anos de prisão no processo da célula terrorista de Verviers.

PUBLICIDADE

O Tribunal Correcional de Bruxelas pronunciou na terça-feira sentenças que vão até 16 anos de prisão no processo da célula terrorista de Verviers.

Souhaib El Abdi, Marouane El Bali e Mohamed Arshad, foram condenados a 16 anos de prisão. Omar Damache foi condenado a oito anos.

Para o advogado de El Abdi, Xavier Carrette, a sentença não é imparcial, porque pretende ser dissuasiva e cede a pressões políticas:

“É uma decisão sem o rigor da justiça. É evidente que Paris e Bruxelas exerceram uma enorme pressão sobre os magistrados, que depois erguem a fasquia nas sentenças. Aquilo que era um sentimento subjetivo tornou-se justiça. Na minha convicção, querer fazer da justiça um instrumento de dissuasão, não é certamente boa justiça e não é assim que impedimos que se repita”, disse Carette.

A célula terrorista desmantelada em Verviers, na Bélgica, em janeiro de 2015, era chefiada por Abdelhamid Abaaoud, considerado o cérebro dos atentados de Paris.

Segundo o Procurador de Paris, François Molins, Abaaoud, morto na operação policial em Saint-Denis, em novembro de 2015, planeava fazer explodir o bairro La Défense, o centro financeiro da capital francesa.

Abaaoud fazia o contacto entre a célula de Verviers e as estruturas do Daesh na Síria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Responsáveis dos atentados de Bruxelas condenados a pesadas penas

Ataques de Bruxelas: Tribunal começou o interrogatório dos acusados

Testemunhos aguardados com ansiedade no julgamento dos atentados de Bruxelas