Imagens de tortura em reformatório chocam Austrália

Imagens de tortura em reformatório chocam Austrália
De  João Peseiro Monteiro com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As imagens de tortura num centro de detenção juvenil deixaram os australianos em estado de choque.

PUBLICIDADE

As imagens de tortura num centro de detenção juvenil deixaram os australianos em estado de choque. Os vídeos divulgados por uma estação de televisão nacional referem-se a um estabelecimento de Darwin, no norte do país. As vítimas eram de etnia aborígene.

O primeiro-ministro, Malcolm Turnbull, rejeitou os apelos a um inquérito alargado a todos os centros de detenção juvenil e explicou porquê:

“Estes inquéritos são mais efetivos quando os termos de referência são claramente definidos, é feito um inquérito profundo e é feito um relatório. As comissões que duram anos e anos, de acordo com a minha experiência, são uma desilusão.”

A população aborígene é vítima de discriminação crónica. Atualmente o país conta 23 milhões de habitantes, 700 mil são indígenas, 27 por cento dos quais estão na prisão. Perto de 140 mil nativos vivem abaixo do limiar da pobreza.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Filhos de Abramovich têm nacionalidade lituana, confirmam autoridades

França: Ex-mulher de assassino em série julgada por cumplicidade em três homicídios

200 mil euros em paios e presuntos roubados em Espanha