EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ghazala Khan: Trump é "ignorante" acerca do Islão

Ghazala Khan: Trump é "ignorante" acerca do Islão
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com Washington Post / AFP / EFE
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Donald Trump é “ignorante” acerca do Islão e “não sabe nada acerca do verdadeiro sacrifício”: foi desta forma, numa carta aberta publicada no jornal Washington Post, que Ghazala Khan, a mãe de um sold

PUBLICIDADE

Donald Trump é “ignorante” acerca do Islão e “não sabe nada acerca do verdadeiro sacrifício”: foi desta forma, numa carta aberta publicada no jornal Washington Post, que Ghazala Khan, a mãe de um soldado norte-americano e muçulmano morto no Iraque em 2004, respondeu à mais recente polémica gerada pelo candidato republicano à Casa Branca. O multimilionário tinha criticado o silêncio da mãe de Humayun Khan durante o discurso emotivo do pai do militar de origem paquistanesa na Convenção Democrática, na Filadélfia.

Numa entrevista, esta sexta-feira, Khizr Kahn acusou Trump de não ser capaz de “sentir empatia com as pessoas que pretende liderar”.

O ex-rival do magnata à nomeação republicana, John Kasich, afirmou no Twitter que só se deve falar de pais de um soldado morto com “honra e respeito”.

There's only one way to talk about Gold Star parents: with honor and respect. Capt. Khan is a hero. Together, we should pray for his family.

— John Kasich (@JohnKasich) 31 juillet 2016

O diretor da campanha de Trump, Paul Manafort, reagiu defendendo a “necessidade” de uma “suspensão temporária [da entrada] de refugiados de países onde há grupos terroristas ativos” que disse ser “a questão e não a perda da família Khan, que é lamentada por todos”.

No discurso na Convenção Democrata, ao lado da esposa, Khan criticou a política anti-imigração de Trump, que por várias vezes defendeu a interdição de entrada de muçulmanos nos Estados Unidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"