EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Síria: Manbij fora das mãos do Daesh ao fim de dois anos

Síria: Manbij fora das mãos do Daesh ao fim de dois anos
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois de 73 dias, as Forças Democráticas Sírias (FDS) atingiram o controlo total da cidade de Manbij, no norte da Síria e perto da fronteira com a Turquia e a celebração teve…

PUBLICIDADE

Depois de 73 dias, as Forças Democráticas Sírias (FDS) atingiram o controlo total da cidade de Manbij, no norte da Síria e perto da fronteira com a Turquia e a celebração teve lugar.

“THIS IS CALLED RIDE”

Female Kurdish Fighters
Celebrating Their Success
Against #Islamic_State Terrorists#Manbijpic.twitter.com/uGPbXva2Md

— Ajit Doval (@Ajit_Doval) August 13, 2016

Os combatentes do auto proclamado Estado Islâmic, que resistiam servindo-se de civis como escudos humanos deixaram a cidade tomada há dois anos, em cerca de 500 carros e com civis a bordo, em direção a Jarablus, sob o controlo do Daesh.

As estradas que atravessam Manbij – e que seguem até Aleppo e Raqqa, onde o Daesh está sediado – tinham-se tornado cruciais para a movimentação dos efectivos do auto proclamado Estado Islâmico, assim como de armas e de mantimentos para fora e dentro da Síria.

Antes da retirada do Daesh, mais de 2 000 cidadãos sírios aprisionados em Manbij foram libertados, segundo Sharfan Darwish, das Forças Democráticas Sírias, apoiadas pelos Estados Unidos.

Exclusive
Civilian were in Isis prison liberated by Kurds in #Manbij via SoresX</a> <a href="https://t.co/BP3n65RpVJ">pic.twitter.com/BP3n65RpVJ</a></p>&mdash; Kovan Direj (kovandire) August 12, 2016

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, 473 civis, dos quais 105 crianças, foram mortos desde o início da ofensiva na região de Manbij.

Durante o mesmo período, 299 elementos das forças democráticas sírias pereceram. 1019 jihadistas também.

Manbij é uma vitória para as forças sírias, uma das principais no combate antijihadista na Síria, onde a guerra já fez mais de 290 mil mortos desde março de 2011 e atirou para as estradas milhões de pessoas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar