Rio2016: TAS libera russa Darya Klishina para saltar nos Jogos Olímpicos

Rio2016: TAS libera russa Darya Klishina para saltar nos Jogos Olímpicos
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) aceitou o recurso de Darya Klishina à exclusão decretada sexta-feira pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF, na sigla inglesa) e liberou a russa a partic

PUBLICIDADE

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) aceitou o recurso de Darya Klishina à exclusão decretada sexta-feira pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF, na sigla inglesa) e liberou a russa a participar nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro. O tribunal ouviu as duas partes e decidiu reintegrar a atleta nos jogos.

Com entrada em cena marcada para esta terça-feira, no salto em comprimento, Klishina, de 25 anos, estava de início liberada para participar nas olimpíadas por estar a treinar nos Estados Unidos desde 2013 e, por isso, alegadamente à margem do escândalo de doping revelado na Rússia nos últimos meses, com suposto envolvimento do próprio governo de Vladimir Putin.

Na sexta-feira, devido a novas informações, Klishina foi excluída da competição pela IAAF. A atleta russa recorreu logo no sábado e o TAS acabou por aceitar as explicações.

“Nós instigámos um processo de revisão face às novas informações que nos foram apresentadas. O resultado que nos levou a revogar a elegibilidade excecional de Darya Klishina não foi aceite pelo TAS apesar da informação recebida do professor (Richard) McLaren e por isso ela é elegível para competir no Rio de Janeiro”, afirmou, em comunicado, a IAAF.

Klishina será a única atleta a representar a Rússia nas provas de atletismo destes Jogos olímpicos.

Rússia afirma que “provocação” contra Klishina pode não ter sido a última https://t.co/9xKAGkNOR9#sportsNews

— Reuters Brasil (@ReutersBrazil) 14 de agosto de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia lança ataque com drones contra infraestruturas energéticas da Rússia

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos

Detidos na Polónia dois suspeitos de ataque a aliado de Navalny na Lituânia