EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

EUA enviam caças para proteger conselheiros na Síria

EUA enviam caças para proteger conselheiros na Síria
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP / Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os Estados Unidos intercederam pela primeira vez de forma direta contra o regime sírio, enviando para o nordeste do país caças para proteger elementos das forças especiais norte-americanas que aconsel

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos intercederam pela primeira vez de forma direta contra o regime sírio, enviando para o nordeste do país caças para proteger elementos das forças especiais norte-americanas que aconselham combatentes curdos no terreno.

Os aviões chegaram à área, junto à cidade de Hasaka, no momento em que o espaço aéreo era abandonado por dois bombardeiros SU-24 das forças sírias.

O regime de Bashar al-Assad bombardeou esta sexta-feira, pelo segundo dia consecutivo, as forças curdas na região de Hasaka.

Um residente explica que foram atingidas lojas e diferentes comércios, sublinhando que se trata de uma “área civil”. Acrescenta que “nas áreas militares, eles estão a visar as forças curdas”, mas aqui “foi uma surpresa, porque se trata de áreas civis”.

Ontem, navios russos estacionados no Mediterrâneo dispararam mísseis contra vários alvos perto de Alepo, a segunda cidade da Síria.

A Rússia, aliada de Assad, afirmou que os ataques visaram o grupo “jihadista” Jabhat Fatah al-Sham, conhecido como a Frente al-Nusra até ter rompido os laços com a al-Qaeda, no mês passado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs

Ataque aéreo provoca várias vítimas mortais num mercado no noroeste da Síria