EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Sul da Turquia: Bombista suicida não teria mais de 14 anos

Sul da Turquia: Bombista suicida não teria mais de 14 anos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O autor do atentado no sul da Turquia teria entre 12 e 14 anos.

PUBLICIDADE

O autor do atentado no sul da Turquia teria entre 12 e 14 anos. A garantia foi dada, este domingo, pelo chefe de Estado turco, Recep Tayyip Erdogan, durante uma conferência de imprensa, em Istambul.

AKP delegation booed and people shout “Murderer Erdogan” when they show up to meet #Gaziantep victims – anfenglish</a><a href="https://t.co/BRhgdNEC3L">pic.twitter.com/BRhgdNEC3L</a></p>&mdash; Gissur Simonarson (GissiSim) August 21, 2016

Pelo menos 51 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas no ataque que teve por alvo um casamento curdo em Gaziantep, junto à fronteira com a Síria.

Turkey wedding bombing is indeed “barbaric.” No excuse for such barbarism whatever the cause https://t.co/NCvv3jooUOpic.twitter.com/v9sy2js0IZ

— Kenneth Roth (@KenRoth) 21 août 2016

Um dos noivos era militante da formação pró curda HDP. O Partido Democrático do Povo, a terceira força política no Parlamento turco, já condenou o ataque.

A população está em estado de choque.

“Perdi amigos e vizinhos. É muito triste e a dor é grande. Trata-se de uma atrocidade. Queremos que isto acabe. Muitas mulheres e crianças perderam a vida neste ataque” afirma um habitante de Gaziantep.

VIDEO: Grieving families of #Gaziantep victims boo & chant “Murderer Erdogan” as AKP delegation arrives – anfenglish</a><a href="https://t.co/68K69Nhfi8">pic.twitter.com/68K69Nhfi8</a></p>&mdash; Conflict News (Conflicts) August 21, 2016

O atentado da última noite, ainda, não foi reivindicado. As suspeitas recaem sobre o autoproclamado Estado islâmico, inimigo número um das forças curdas na Síria.

O ataque aconteceu horas depois do Governo turco ter anunciado que pretende envolver-se de forma mais ativa na guerra em curso no país vizinho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos 103 mortos em explosões durante cerimónia de aniversário da morte do general Soleimani

Dezenas de trabalhadores presos em túnel desmoronado na Índia

Explosão em centro de refugiados faz pelo menos 31 feridos