Sismo em Itália: Accumoli pede assistência financeira

Sismo em Itália: Accumoli pede assistência financeira
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A euronews visitou esta sexta-feira Accumoli, a localidade mais próxima do epicentro do sismo que abalou o centro de Itália.

PUBLICIDADE

A euronews visitou esta sexta-feira Accumoli, a localidade mais próxima do epicentro do sismo que abalou o centro de Itália. Aqui, as operações pós-catástrofe são dirigidas a partir de uma tenda, que funciona de momento como Câmara Municipal, já que a sede da autarquia ficou danificada.

O presidente da câmara, Stefano Petrucci, diz que estão “preparados para lutar e enfrentar o desafio, mas falta a força económica. [Accumoli] precisa da ajuda de todo o mundo e de contribuições financeiras”.

Segundo o instituto geológico italiano, o sismo de magnitude 6.2 na escala de Richter provocou uma depressão do solo de 20 centímetros em redor da localidade. Em Accumoli, há onze vítimas mortais identificadas e o centro antigo está praticamente abandonado, exceptuando a presença de equipas de tentam resgatar o património histórico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mil italianos assinam manifesto para que Draghi seja presidente da Comissão Europeia

Itália prepara-se para negociar com Bruxelas termos da trajetória do ajuste fiscal

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos