Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Terramoto em Itália: Mortos sobem aos 290 no dia do funeral solene de 34

Terramoto em Itália: Mortos sobem aos 290 no dia do funeral solene de 34
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com a bandeira nacional e a da União Europeia a meia haste em todos os edifícios públicos, a Itália decretou este sábado como dia de luto nacional pelas vítimas do forte terramoto da madrugada de quarta-feira, que arrasou o centro do país. O “descanso eterno” dos mortos já começou.

Depois do funeral das primeiras sete vítimas ter decorrido sexta-feira à tarde em Pomezia, este sábado o país despede-se de forma solene de mais 34, em Ascoli Piceno. O primeiro-ministro Matteo Renzi e o Presidente Sergio Mattarella fizeram questão de estar presentes.

O chefe de Estado italiano aproveitou também para visitar um dos principais locais da tragédia, Amatrice, a cidade onde ocorreu o maior número de vitimas.

As operações de busca prosseguem, entretanto, nas zonas afetadas pelo sismo. O estado de alerta mantém-se em algumas regiões.

As réplicas têm-se sucedido. São já mais de mil. As mais fortes acima dos quatro pontos de magnitude. A esperança de ainda se encontrarem sobreviventes entre os escombros é cada vez mais remota.

O balanço de vítimas do sismo foi, entretanto, atualizado pela Proteção Civil este sábado pela manhã e ascende agora aos 290 mortos: 230 em Amatrice; 49 em Arquato; e 11 de Accumoli.