Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Espanha: Parlamento não viabiliza novo Governo de Mariano Rajoy

Espanha: Parlamento não viabiliza novo Governo de Mariano Rajoy
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha continua sem Governo.

Mariano Rajoy, o candidato do PP à presidência do Executivo espanhol, submete-se, na próxima sexta-feira, a uma nova votação no Congresso dos Deputados, depois de não ter conseguido obter, esta quarta-feira, o voto da maioria absoluta dos 350 parlamentares.

O atual chefe do Governo em funções conseguiu o voto de apenas 170 deputados. 137 do PP, 32 dos Ciudadanos, de Albert Rivera, e 1 da Coligação Canárias.

Contra a viabilização do Governo de Rajoy, todos os outros 180 deputados, entre eles os 85 do Partido Socialista Operário Espanhol, de Pedro Sánchez, e os 71 da coligação da esquerda radical, Unidos Podemos, de Pablo Iglesias Turrión.

Na sexta-feira, Mariano Rajoy precisa apenas da maioria simples no Parlamento, uma tarefa que parece impossível de alcançar.

Os espanhóis têm até 31 de outubro paraformar um novo Governo, caso contrário, o Parlamento será dissolvido e será convocado um novo escrutínio. Caso isso aconteça, serão as terceiras eleições legislativas a ocorrerem no espaço de um ano.