EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

EUA: presidente da câmara de Nova Iorque identifica suspeito do atentado de sábado à noite em Chelsea

EUA: presidente da câmara de Nova Iorque identifica suspeito do atentado de sábado à noite em Chelsea
Direitos de autor 
De  Euronews com AFP, Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chama-se Ahmad Khan Rahami e é o principal suspeito de ser o autor do atentado de sábado à noite no bairro de Chelsea em Manhattan que resultou em 29 feridos.

PUBLICIDADE

Chama-se Ahmad Khan Rahami e é o principal suspeito de ser o autor do atentado de sábado à noite no bairro de Chelsea em Manhattan que resultou em 29 feridos.

O anúncio foi feito pelo presidente da câmara, Bill de Blasio.

De acordo com as informações divulgadas, trata-se de Ahmad Khan Rahami, um cidadão norte-americano de origem afegã, de 28 anos de idade e residente em Nova Jérsia.

Wanted: Ahmad Khan Rahami, 28 year old male, is being sought in connection with the Chelsea bombing. 1-800-577-TIPS pic.twitter.com/WLm9XSDUpj

— NYC Mayor's Office (@NYCMayorsOffice) September 19, 2016

O anúncio tem lugar horas depois de um novo alerta de bomba na região de Nova Iorque.

Desta feita, cinco engenhos explosivos foram encontrados na noite de domingo para segunda-feira no interior de uma mochila abandonada num caixote de lixo situado nas proximidades da estação de comboio de Elizabeth, uma pequena cidade situada no estado de Nova Jérsia, a pouca distância de Manhattan.

Bomb going off near Elizabeth, New Jersey Metro while robot tries dismantling it. #IslamicTerrorism
pic.twitter.com/ooWsXHia5I

— Original Team Trump™ (@jpm05880) September 19, 2016

Segundo o departamento de segurança interna existe uma ligação entre o atentado em Chelsea e as bombas encontradas esta segunda-feira.

O presidente da câmara alertou ainda para a possibilidade do suspeito se encontrar armado.

De recordar que no sábado ocorreram dois incidentes separados.

De manhã um engenho explosivo detonou na localidade de Seaside Park em Nova Jérsia.

Horas mais tarde, à noite, uma bomba colocada no interior de uma panela de pressão explodiu no bairro de Chelsea em Manhattan, causando 29 feridos.

New York bombing

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova-iorquinos reagem com calma a explosão de Chelsea

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado

Trump recebeu presidente polaco em Nova Iorque para reunião "amigável"