Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Confrontos voltam ao Congo, mas situação está mais calma

Confrontos voltam ao Congo, mas situação está mais calma
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na República Democrática do Congo, os confrontos regressaram à capital, Kinshasa, mas os ânimos estão agora mais calmos, depois de dois dias de violência que resultaram em pelo menos 44 mortos.

O balanço destes dias de protestos contra o presidente Joseph Kabila é ainda maior segundo o líder da oposição, Etienne Tshisekedi, que fala em mais de 100 mortos.

As autoridades do país prometeram castigar os responsáveis plos protestos e impedi-los de sair do país. A onda de contestação nasceu depois do pedido de Kabila para adiar as eleições presidenciais, às quais já não vai poder concorrer, por estar a concluir o segundo mandato.