EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Pirata informático rouba dados de 500 milhões de contas do Yahoo

Pirata informático rouba dados de 500 milhões de contas do Yahoo
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de 500 milhões de contas do Yahoo foram pirateadas, naquele que poderá ser um dos maiores ataques informáticos de sempre.

PUBLICIDADE

Mais de 500 milhões de contas do Yahoo foram pirateadas, naquele que poderá ser um dos maiores ataques informáticos de sempre.

O anúncio foi feito esta quinta-feira pela companhia norte-americana, semanas depois de um grupo de “hackers” ter colocado à venda os dados de 200 milhões de utilizadores na chamada Internet obscura.

An important message about Yahoo account security https://t.co/gu6qdp3KMW

— Yahoo Inc. (@YahooInc) September 22, 2016

O ataque realizado há dois anos, permitiu o acesso dos piratas aos nomes das contas, palavras-chave, endereços de correio eletrónico, datas de nascimento e mesmo às perguntas de segurança.

O Yahoo, dirigido por Melissa Mayer, garante, no entanto, que os dados bancários não se encontravam no servidor que foi alvo do ataque.

A companhia aponta o dedo ao que chama de piratas apoiados por um estado estrangeiro, sem especificar a origem do ataque.

Um pirata denominado “Peace”, tinha reclamado o ataque já em Agosto, tendo posto os dados à venda por 3 bitcoins, cerca de 1800 euros na Internet.

O ataque informático ocorre num momento em que a companhia telefónica Verizon tinha anunciado a aquisição da Yahoo por 4.83 mil milhões de dólares.

A Verizon afirma, esta noite, que não estava ao corrente do ataque no momento das negociações.

O Yahoo é igualmente acusado de não ter alertado os utilizadores para mudarem as palavras-chave, em Agosto, quando iniciou a investigação ao ataque.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Astronautas da missão SpaceX Crew-7 chegam à Terra

Responsável pela criação do ChatGPT readmitido pela startup OpenAI

Gigantes da tecnologia discutem Inteligência Artificial