Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Haiti: OMS alerta para risco de nova epidemia de cólera após passagem do furacão Matthew

Haiti: OMS alerta para risco de nova epidemia de cólera após passagem do furacão Matthew
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial de Saúde apela ao envio urgente de água potável para evitar uma nova epidemia de cólera no Haiti

Dias depois da passagem do furacão Matthew, a OMS assim como várias organizações humanitárias enviaram mais de um milhão de vacinas e dezenas de socorristas para o país.

Mas a devastação continua a atrasar a chegada da ajuda às regiões mais sinistradas.

Para Jean-Luc Poncelet, responsável da OMS no Haiti:

“A população está muito inquieta uma vez que ainda não chegou nenhum tipo de ajuda sistemática nos últimos dias. Tiveram que enfrentar um furacão durante muitas horas e necessitam de comida e água potável”.

Segundo os últimos números, a passagem do furacão teria provocado pelo menos 372 mortos em várias regiões do sul do país.

Segundo a ONU, cerca de 1,4 milhões de pessoas necessitam de ajuda urgente após a catástrofe natural.

Um sobrevivente afirma,

“As famílias são muito pobres, não têm nem água nem comida. Precisam de medicamentos, precisam de água pura. Peço-lhes que façam o máximo para poder ajudar-nos”.

Os Estados Unidos mobilizaram um navio militar e 12 helicópteros para distribuir cerca de 20 toneladas de ajuda humanitária.

Mas as dezenas de pontes e estradas destruídas continuam a atrasar a chegada dos víveres à população.

O país tinha sido já palco de uma epidemia de cólera após o terramoto de 2010, que provocou em poucos meses mais de 9 mil mortos.