A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Governo francês vai iniciar desmantelamento da "Selva" de Calais nos próximos dias

Governo francês vai iniciar desmantelamento da "Selva" de Calais nos próximos dias
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A justiça francesa confirma a decisão do governo de desmantelar o campo de refugiados de Calais, depois de rejeitar um recurso de várias associações contra a medida.

Uma sentença saudada pelo ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, que anunciou que a evacuação do campo deverá começar nos próximos dias.

O governo afirma ter disponíveis mais de 7200 lugares em centros para acolher os refugiados de Calais, quando, segundo as associações, os migrantes da “Selva” poderão ascender a mais de 10 mil pessoas.

Para Christian Salome, da associação “alberge dos migrantes”:

“Nós não estamos contra o desmantelamento mas estamos contra a forma como está a ser feito. As pessoas são colocadas em autocarros e enviadas para centros de acolhimento. É uma perda de tempo, uma vez que não querem estar nestes centros”.

Várias vozes críticas afirmam que a maioria dos migrantes, que pretendem alcançar o Reino Unido, deverão voltar a regressar à região.

O governo francês comprometeu-se a respeitar a lei de asilo no que diz respeito aos cerca de 1300 menores isolados, que começaram a ser transferidos para junto das famílias no Reino Unido.