Última hora

Última hora

"One More Night" para Phil Collins

"One More Night" para Phil Collins
Tamanho do texto Aa Aa

Dez anos depois da última digressão, Phil Collins está de regresso aos palcos.

O músico britânico, que anunciou a reforma em 2011, está de regresso com concertos no Royal Albert Hall de Londres, durante cinco noites, em junho do próximo ano. Parte depois para Colónia e Paris.

“Ainda não estou morto” é o nome da próxima digressão.

“Nos últimos anos, as pessoas falavam comigo e diziam-me ‘temos saudades tuas. Ninguém é como tu e seria bom que voltasses e desses alguns espetáculos’. Estes comentários fizeram-me questionar: porque não? Terá sido porque disse que me iria reformar? Bom, mudei de ideias”, conta o músico.

“Estive afastado tempo suficiente para uma digressão com os maiores êxitos, não foi para aborrecer as pessoas. Penso que vão ficar felizes por ouvirem o que lhes é familiar, mas também vão haver surpresas. Surpresas como ‘não ouviamos isto há 15, 20 anos’. Espero que o espetáculo seja bom”, sublinha.

Collins, de 65 anos, foi baterista e, mais tarde, vocalista dos Genesis. Embarcou numa carreira a solo nos anos 80 e viu a fama crescer com êxitos como “Another Day in Paradise”, “In the Air Tonight” ou “One More Night”.

Vencedor de múltiplos Grammy, Brit e até de um Óscar, prepara-se para lançar a sua autobiografia e está a trabalhar em novas músicas – as primeiras desde o álbum “Testify” de 2002.

Mais sobre Cult