EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Batalha por Mossul ameaça a vida de 600 mil crianças

Batalha por Mossul ameaça a vida de 600 mil crianças
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Reuters, onu, unhcr, CVI
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A ofensiva para reconquistar o último grande bastião do "Daesh" no Iraque começou segunda-feira e está a ameaçar mais de um milhão de civis.

PUBLICIDADE

Os combates e os bombardeamentos em Mossul começaram segunda-feira e deverão prolongar-se até que último grande bastião no Iraque do grupo terrorista Estado Islâmico seja reconquistado. A ofensiva conhecida por “batalha por Mossul” está, contudo, a ameaçar a vida de mais 1,2 milhões de civis, incluindo 600 mil crianças, alerta o gabinete das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA, na sigla inglesa).

Estima-se que cerca 1,5 milhões de pessoas permaneçam em Mossul. A Organização Internacional para a Migração (IOM) adianta que 5400 pessoas já terão fugido da cidade devido às operações militares em curso há pouco mais de 24 horas.

DTM_IOM</a> identifica a 5400 personas desplazadas debido a las operaciones militares en Mosul. La <a href="https://twitter.com/IOMIraq">IOMIraq está en el terreno! #MosulAidpic.twitter.com/17yz3hgSGK

— OIM España (@IOMspain) 20 de outubro de 2016

Números de pessoas obrigadas a fugir no Iraque:

  • 1,5 milhões de civis permanecem em Mossul (UNOCHA);
  • 1,2 milhões de civis estão perigo em Mossul — 600.000 serão crianças (UNOCHA);
  • 5400 pessoas deslocadas de Mossul (IOM);
  • 166,285 deslocados de Erbil, Ninewa, Salah al-Din e Kirkuk desde abril (UNOCHA);
  • 3,3 milhões de deslocados no país desde janeiro de 2014 (UNOCHA);
  • 233,489 refugiados iraquianos fugiram para outros países vizinhos (UNOCHA).

#UNHCR latest Flash Update for Iraq situation pic.twitter.com/6M8OG5APPr

— UNHCR Iraq (@UNHCRIraq) 20 de outubro de 2016

Perante a violência dos combates, a Cruz Vermelha Internacional apela a todos os envolvidos na ofensiva a pouparem os civis e a permitirem a evacuação em segurança dos feridos.

“A nossa principal preocupação, neste momento, é a população civil. A operação militar está em curso em Mossul e estou segura de que os civis — as crianças e todas as pessoas — estão muito preocupadas, podem tentar fugir e ser apanhadas pelo fogo cruzado”, alertou a chefe da delegação da Cruz Vermelha no Iraque.

Jibla, #Babil#ICRC supported the local authorities' vaccination campaign to More than 1300 children under 5 years and women pic.twitter.com/OEoXPSiyDJ

— ICRC Iraq (@ICRC_IQ) 20 de outubro de 2016

Katharina Ritz estimou ainda que o seu organismo poderá vir “a ajudar cerca de 800 mil pessoas nos próximo meses”, na sequência desta operação em Mossul.

“We can help up to 800,000 people in the coming months.” KRitzICRC</a> on the unfolding humanitarian situation in <a href="https://twitter.com/hashtag/Mosul?src=hash">#Mosul</a>. <a href="https://t.co/8rqDKtXvpI">pic.twitter.com/8rqDKtXvpI</a></p>&mdash; ICRC (ICRC) 20 de outubro de 2016

Vários campos de acolhimento de refugiados estão a ser preparados por diversas organizações humanitárias. A Agência da ONU para os Refugiados (ACNUR), por exemplo, pretende montar mais 11 acampamentos para lá dos cinco já existentes e à espera de 45 mil refugiados.

Perante a situação crítica em Mossul, William Spindler, o porta-voz do Alto Comissário das ONU para os Refugiados, receia que estejamos a caminho de uma “catástrofe” humanitária para a qual será necessária a maior e mais complexa resposta global deste ano.

IOM وه ك ١ه م ئاژانس له گه یاره شمه كی ناخۆراكی دابه ش كرد بۆ ئاواره كان له كاتێك دوكه ڵی ئاگری بیره نه وته كان ئاسمانی ته نیبوو #MosulAidpic.twitter.com/2R0Fuwtdkv

— IOM Iraq (@IOMIraq) 20 de outubro de 2016

As fighting intensifies in #Mosul, over 1 million people could be forced to flee their homes. pic.twitter.com/dgW6Ps33pN

— ICRC Iraq (@ICRC_IQ) 18 de outubro de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mossul: Tropas iraquianas tomam localidade cristã de Bartella

Batalha por Mossul: "Todos combatem sob as ordens do Iraque"

Iraque: Incêndio num casamento faz mais de uma centena de mortos entre eles os noivos