EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Rajoy investido, Espanha tem governo ao fim de dez meses de crise política

Rajoy investido, Espanha tem governo ao fim de dez meses de crise política
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mariano Rajoy, reconduzido no sábado como chefe do governo espanhol, tomou posse esta manhã numa cerimónia presidida pelo rei Felipe VI.

PUBLICIDADE

Mariano Rajoy, reconduzido no sábado como chefe do governo espanhol, tomou posse esta manhã numa cerimónia presidida pelo rei Felipe VI.

O líder do Partido Popular espanhol deverá anunciar na próxima quinta-feira a composição do novo executivo, que tomará posse no dia seguinte.

Apesar da orientação dada no sentido da abstenção, 15 deputados socialistas não respeitaram a disciplina de voto e mantiveram o voto contra a investidura de Rajoy.

Investido em segunda votação, com 170 votos a favor, 111 contra e 68 abstenções, Rajoy conta no parlamento com o apoio de uma minoria e por isso disse estar disposto a pedir a colaboração de outros partidos, principalmente do PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol) e do Cidadãos (centro).

A Espanha tem governo ao fim de dez meses de indefinição, mas este será o mandato de um primeiro-ministro com o menor apoio parlamentar desde 1978.

O líder do PP terá agora de enfrentar desafios difíceis, a começar pelas exigências de Bruxelas, que pede cortes nas despesas, e as pretensões independentistas da Catalunha.

Rajoy falhou uma primeira tentativa de investidura em setembro, apoiado apenas pelo Cidadãos e pela deputada da Coligação Canária, tanto na primeira como na segunda votação e chumbado pela oposição de todos os restantes partidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Gibraltar apresenta queixa à UEFA por causa dos cânticos de Espanha após a vitória no Euro

Festa de San Fermin: sete corredores hospitalizados no penúltimo dia da corrida de touros

Turismo de massas em Espanha: as Ilhas Baleares estão a afogar-se?