Colômbia quer reforçar laços comerciais com o Reino Unido após "Brexit"

Colômbia quer reforçar laços comerciais com o Reino Unido após "Brexit"
De  Miguel Roque Dias com Reuters; EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente da Colômbia pretende fortalecer os laços comerciais com Reino Unido, depois do “Brexit”.

PUBLICIDADE

O presidente da Colômbia pretende fortalecer os laços comerciais com Reino Unido, depois do “Brexit”.

Juan Manuel Santos iniciou uma visita oficial de três dias ao Reino Unido. A primeira de um chefe de Estado colombiano à Grã-Bretanha.

O presidente foi recebido pela Rainha Isabel II.

Muy honrado con la imponente bienvenida que recibimos en el Palacio de Buckingham. Gratitud con Su Majestad la Reina #VisitaEstadoCOLUKpic.twitter.com/puiWWQgEZ0

— Juan Manuel Santos (@JuanManSantos) November 1, 2016

No Parlamento, Juan Manuel Santos garantiu que o investimento britânico poderá crescer assim que o acordo de paz com as FARC – Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – entrar em vigor.

“Consoante os acordos a serem alcançados entre o Reino Unido e pela União Europeia, desejo reiterar perante este Parlamento que a Colômbia está disposta a fortalecer ainda mais a sua posição enquanto parceira de comércio e investimento do Reino Unido”, afirmou o chefe de Estado colombiano.

Durante a visita, Juan Manuel Santos terá um encontro com a primeira-ministra britânica, Theresa May, e visitará Belfast, a capital da Irlanda do Norte, palco de três décadas de conflito entre católicos e protestantes que terminaram com os acordos de paz de 1998.

Her Majesty the Queen offers a State Banquet at Buckingham Palace for president JuanManSantos</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/ColombiaStateVisit?src=hash">#ColombiaStateVisit</a> <a href="https://twitter.com/RoyalFamily">RoyalFamilypic.twitter.com/qybb4Gom3u

— Embajada Británica (@UKinColombia) November 1, 2016

Santos voltará à Europa, no dia 10 de dezembro, para receber o prémio Nobel da Paz, em Oslo, na Noruega.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Notas com cara de Carlos III entram em circulação em junho

O Rei Carlos III celebra 75 anos

Turismo britânico aproveita coroação de Carlos III