Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"A Selva": Últimos migrantes retirados do campo de Calais

"A Selva": Últimos migrantes retirados do campo de Calais
Tamanho do texto Aa Aa

São os últimos a deixar Calais. Está quase completa a limpeza da chamada “Selva”.
O maior e mais conhecido acampamento ilegal de migrantes em França vai agora poder ser totalmente fechado.

Esta quinta-feira saíram de Calais, junto à entrada francesa do Canal da Mancha, onze autocarros com cerca de 400 pessoas, a maioria mulheres e crianças. Estavam alojadas num centro de acolhimento temporário nos arredores da cidade.

Já na quarta-feira tinham sido retirados mais de 1500 menores não acompanhados que viviam no campo, muitas vindas da Síria, do Afeganistão e de outros países em guerra. Foram enviados para instituições em várias regiões de França. Grande parte continua a alimentar o sonho de cruzar o canal e ir para o Reino Unido.

Na terça-feira, o governo francês tinha dado por concluído o desmantelamento do campo de refugiados de Calais, onde chegaram a viver cerca de dez mil migrantes e requerentes de asilo.

A prefeitura do departamento de Pas-de-Calais disse, em comunicado, que a empresa que o Estado contratou para destruir todas as estruturas precárias construídas no local deu o trabalho por terminado.