EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Protestos violentos em Florença contra a reforma constitucional de Renzi

Protestos violentos em Florença contra a reforma constitucional de Renzi
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade italiana de Florença foi este sábado palco de confrontos violentos entre a polícia e manifestantes que protestavam contra o referendo constitucional convocado para 4 de dezembro pelo primeiro

PUBLICIDADE

A cidade italiana de Florença foi este sábado palco de confrontos violentos entre a polícia e manifestantes que protestavam contra o referendo constitucional convocado para 4 de dezembro pelo primeiro-ministro Matteo Renzi.

A manifestação coincidiu com a presença de Renzi em Florença, onde participou numa convenção do seu grupo político, e não tinha sido autorizada pelo poder local.

Os manifestantes desfilaram na Praça de São Marcos, no centro da cidade, com cartazes que condenavam a reforma constitucional. O protesto, inicialmente pacífico, transformou-se em batalha campal entre a polícia de choque e os manifestantes.

O chefe do executivo italiano convocou para dia 4 de dezembro um referendo sobre um projeto de reforma constitucional que pretende suprimir a função legislativa do Senado, com o objetivo de libertar as mãos ao governo.

Renzi prometeu demitir-se se o referendo falhar, mas reconheceu recentemente que foi um erro vincular o resultado da consulta à permanência no cargo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles

Agricultores italianos fazem mais de 10 horas de trator para se manifestarem em Roma

"Agricultores guerreiros" próximos da extrema-direita fizeram protesto "convivial"