Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Presidente turco: "Estou-me nas tintas que me chamem ditador"

Presidente turco: "Estou-me nas tintas que me chamem ditador"
Tamanho do texto Aa Aa

Recep Tayyip Erdogan está-se nas tintas para as críticas do Ocidente e di-lo claramente:

Estou-me nas tintas que me chamem ditador ou o que quer que seja. Entra por um ouvido e sai pelo outro

Recep Tayyip Erdogan Presidente da Turquia

“Os ocidentais não têm nada com que se preocupar. Sabemos muito bem quem são. Sabemo-lo bem. Aprendi a conhecê-los ao longo dos meus 14 anos como primeiro-ministro e presidente da Turquia. Agora, leio neles como num livro aberto. E estou-me nas tintas que me chamem ditador ou o que quer que seja. Entra por um ouvido e sai pelo outro.”

O presidente turco tem sido criticado nas mais cariadas instâncias internacionais pela purga que tem feito no país, com a prisão de magistrados, jornalistas e políticos. A mais recente: a prisão de vários deputados do partido pró-curdo HDP.