This content is not available in your region

Hong Kong: Britânico condenado a prisão perpétua por duplo homicídio

Access to the comments Comentários
De  Dulce Dias  com AP, Reuters
euronews_icons_loading
Hong Kong: Britânico condenado a prisão perpétua por duplo homicídio

O banqueiro britânico Rurik Jutting foi condenado a prisão perpétua em Hong Kong. Foi considerado culpado do assassinato de duas mulheres, em 2014.

Os corpos das jovens prostitutas, de 23 e 26 anos, foram encontrados no apartamento de luxo do antigo corretor. O acusado, sob o efeito de drogas, torturou as raparigas durante vários dias.

A defesa tentou avançar a tese do “homicídio involuntário”.

Em Hong Kong, o assassinato é, obrigatoriamente, sancionado com a reclusão perpétua.