Líderes populistas felicitam Trump

Líderes populistas felicitam Trump
De  Marco Lemos com Patrícia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Europa, vários líderes populistas saudaram o triunfo de Donald Trump nas presidenciais norte-americanas.

PUBLICIDADE

Na Europa, vários líderes populistas saudaram o triunfo de Donald Trump nas presidenciais norte-americanas.

O comediante Beppe Grillo, fundador do Movimento Cinco Estrelas, em Itália, falou com a euronews, em Bruxelas: “Estamos numa encruzilhada. Este sujeito com o aspeto de uma espiga de milho não tem grandes apetências culturais. O que aconteceu é um exemplo da tragédia e do apocalipse que resulta da forma como os meios de comunicação informam as audiências. A televisão e os jornais chegam muito tarde, entregam a informação tardiamente, não são capazes de antecipar nada”.

Já o chefe da extrema-direita na Holanda, Geert Wilders, numa mensagem publicada no Twitter, felicitou Trump por uma vitória que considera ser “histórica”: “O dia de ontem mostrou, e é isso que vou dizer aos meus eleitores, que tudo é possível e isto não vai parar por aqui – vamos assistir a este movimento em vários outros países europeus. A vitória de Donald Trump nas eleições é um enorme incentivo para todos nós – que amamos a pátria e a liberdade.”

Em França, que tem presidenciais em 2017, Marine Le Pen, expressou-se através do Twitter: “Não é o fim do mundo, mas sim o fim de um “mundo”. O povo americano tem o Presidente que escolheu e não aquele instalado pelo sistema, como se as eleições fossem apenas uma mera formalidade, ou para manter as aparências”.

O líder demissionário do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), Nigel Farage, figura central da campanha que levou à vitória do “brexit”, também congratulou Donald Trump pelo triunfo.

Farage, que discursou num comício de campanha do republicano, escreveu no Twitter: “Passo o testemunho a Donald Trump. Muitos parabéns. Bateu-se corajosamente na campanha”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Trump diz que não tem dinheiro para pagar caução de 454 milhões de dólares ao tribunal

Trump e Biden dominam "Super Terça-Feira", Nikki Haley venceu no Vermont