EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Exército sírio domina por completo centro histórico de Alepo

Exército sírio domina por completo centro histórico de Alepo
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os últimos bairros ainda na mão dos rebeldes foram capturados pelas tropas fiéis a Bashar el-Assad, depois de fortes bombardeamentos.

PUBLICIDADE

O centro histórico de Alepo está agora inteiramente nas mãos das forças governamentais. O grupo de oposição Observatório Sírio dos Direitos Humanos confirmou que os últimos bairros ainda na mão dos rebeldes foram capturados pelas tropas fiéis a Bashar el-Assad, depois de fortes bombardeamentos.

Entretanto, os rebeldes pediram já um cessar-fogo de cinco dias para que possa ser feita a evacuação das zonas civis e para que haja conversações sobre o futuro da cidade.

As tropas governamentais entraram na cidade velha de Alepo na terça-feira. Durante a madrugada de terça para quarta, os bombardeamentos não pararam. Esta mais recente ofensiva sobre Alepo, que começou em meados de novembro, já matou pelo menos 341 pessoas, incluindo 44 crianças.

As zonas de Alepo ainda dominadas pelos rebeldes são cada vez menos. Os rebeldes chegaram a dominar toda a zona leste da cidade, mas perderam nos últimos tempos cerca de dois terços das áreas controladas. Uma conquista completa da cidade por parte das tropas governamentais significaria a maior vitória de sempre do exército fiel a Bashar el-Assad, em cinco anos de conflito. Desde 2011, a guerra na Síria matou mais de 400 mil pessoas.

BREAKING: Russian military adviser killed in the fighting in #AleppoAlArabiya_Eng</a></p>&mdash; Conflict News (Conflicts) December 7, 2016

VIDEO: Incendiary munitions target opposition forces in northern Aleppo countryside, #Syria. https://t.co/W8VmXutKwopic.twitter.com/beVfmSGnCS

— Conflict News (@Conflicts) December 6, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mossul: Forças iraquianas esbarram na resistência de jihadistas do Estado Islâmico

Responsável da ONU teme que Alepo se transforme em "cemitério gigante"

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib