EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Turquia: identificado suposto autor de ataque do Ano Novo em Istambul

Turquia: identificado suposto autor de ataque do Ano Novo em Istambul
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com TRT World / Ansa / AFP / Hürriyet
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades turcas identificaram o responsável pelo ataque do Ano Novo que fez 39 mortos na discoteca Reina de Istambul.

PUBLICIDADE

As autoridades turcas identificaram o responsável pelo ataque do Ano Novo que fez 39 mortos na discoteca Reina de Istambul. O nome do atacante não foi confirmado oficialmente, mas a televisão TRT World, versão internacional da estatal TRT, diz que entrou no país com um passaporte do Quirguistão no nome de Iakhe Mashrapov, de 28 anos.

(A TRT World, que tinha avançado a identidade através da sua página no YouTube, retirou rapidamente o vídeo em questão, devido às imposições legais na Turquia, que impedem a revelação de determinados detalhes da investigação. No entanto, as imagens do passaporte chegaram rapidamente às redes sociais, nomeadamente no Twitter.)

#BREAKING: #IstanbulAttack suspect identified, entered #Turkey w/ passport in name of #IakheMashrapov, 28y old, acc trtworld</a> // <a href="https://twitter.com/euronews">euronewspic.twitter.com/8baGaKtPuD

— Rodrigo Barbosa (@RodaLarga) January 3, 2017

A caça ao homem continua e, na última noite, foi realizado um raide policial numa casa de Istambul que, no entanto, não deu frutos. Até ao momento, foram detidas 14 pessoas relacionadas com o caso, nomeadamente a mulher e os dois filhos do atacante que, segundo a imprensa turca, terão entrado com ele no país para “não levantar suspeitas”.

O presidente da Câmara de Istambul, Ahmet Misbah Demircan, participou esta terça-feira numa marcha organizada pela Associação de Empresas de Restauração e Turismo em homenagem às vítimas e para condenar o terrorismo.

Segundo o diário turco Hürriyet, que cita fontes próximas das investigações, o suposto autor do ataque, reivindicado pelo Estado Islâmico, combateu nas fileiras do grupo extremista na Síria e tinha treino com armas de fogo em zonas urbanas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Quem são as vítimas do ataque terrorista de Istambul?

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações

Responsáveis da discoteca que ardeu em Istambul detidos para interrogatório