EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Agricultor francês que ajudou refugiados julgado em Nice

Agricultor francês que ajudou refugiados julgado em Nice
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cédric Herrou, o produtor de azeitonas e de ovos francês, que ajudou dezenas de refugiados ilegais, num momento de necessidade, perto da fronteira entre Itália e França, começou a ser julgado em Nice,

PUBLICIDADE

Cédric Herrou, o produtor de azeitonas e de ovos francês, que ajudou dezenas de refugiados ilegais, num momento de necessidade, perto da fronteira entre Itália e França, começou a ser julgado em Nice, esta quarta-feira e arrisca-se a 8 meses de prisão, com pena suspensa:

“A lei está contra mim, contra mim, contra as ações de ajuda a pessoas que precisam de ajuda, é preciso mudar a lei. A lei está feita para que a sociedade se sinta bem, para que as pessoas possam viver juntas em harmonia”, afirmou Herrou.

Perante o tribunal e a acusação, Herrou admitiu os atos de que é acusado, afirmando que o fez porque era preciso fazê-lo.

Várias dezenas de pessoas deslocaram-se à porta do tribunal para apoiar o agricultor:

“Preocupa-me o facto de que quando se trata de mostrar solidariedade para com um europeu não há problema. Mas, se mostrarmos solidariedade para com um migrante, que na maioria das vezes é um refugiado, isso é um problema”, explica Lucia Palermo, artista italiana de Ventimiglia.

A decisão do tribunal será conhecida a 10 de fevereiro.

Em agosto de 2015 Cédric Herrou tinha sido já chamado a responder perante a justiça por ter transportado oito refugiados. Nessa altura o processo foi encerrado sem medidas adicionais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder da extrema-direita opõe-se ao envio de tropas francesas para a Ucrânia

Francês detido no Irão por participar em protestos após a morte de Mahsa Amini foi libertado

Centenas assistem a recriação de desembarque do Dia D