Costa do Marfim: Ex-combatentes avançam com motim em Bouaké

Costa do Marfim: Ex-combatentes avançam com motim em Bouaké
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um grupo de ex-combatentes avançou com uma espécie de motim em Bouaké, centro da Costa do Marfim.

PUBLICIDADE

Um grupo de ex-combatentes avançou com uma espécie de motim em Bouaké, centro da Costa do Marfim. Os antigos soldados atacaram pelo menos duas esquadras e montaram barricadas no centro da segunda cidade do país. De acordo com o correspondente da agência France Presse, foram ouvidos disparos esporádicos de armas automáticas.

Ao que tudo indica, os autores desta revolta exigem “um prémio de cinco milhões de francos CFA (7.600 euros) e uma casa cada”, disse à AFP um militar que não quis ser identificado.

Bouaké é a antiga capital da rebelião que controlou o norte do país entre 2002 e 2011. Os rebeldes eram apoiantes do atual presidente Alassane Ouattara, enquanto o sul do país era controlado pelas forças leais ao ex-presidente Laurent Gbagbo. Os ex-combatentes foram integrados no exército mas agora exigem compensações pelo tempo em que lutaram contra as tropas de Gbagbo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dois anos após invasão russa, ucranianos enfrentam situação muito difícil no Donbass

Saúde e conflitos foram tema da 37ª Cimeira da União Africana - e Durão Barroso um dos convidados

UE apresenta na Mauritânia pacote de luta contra a migração ilegal