Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Trump e May de mãos dadas para enfrentar o mundo

Trump e May de mãos dadas para enfrentar o mundo
Tamanho do texto Aa Aa

A velha aliança entre os Estados Unidos e o Reino Unido está para durar e deverá mesmo ser reforçada na era Trump.

Donald Trump e Theresa May estiveram em sintonia na reunião na Casa Branca. A chefe de governo britânica é a primeira líder estrangeira a encontrar-se com Trump depois da tomada de posse do líder norte-americano no dia 20.

Os dois anunciaram que estão de acordo em quase todos os assuntos debatidos, nomeadamente no desenvolvimento de acordos comerciais pos-brexit.

Trump e May também estão em sintonia no diz respeito à Nato como pilar da defesa do ocidente. No entanto, a primeira-ministra britânica anunciou que irá falar com os lideres europeus para que cumpram a contribuição financeira prometida para a Defesa de 2% do PIB.

Quanto à Rússia, May afirmou manter a mesma posição com Moscovo, incluindo as sanções por causa das atividades russas no leste ucraniano.

Trump por seu lado, disse procurar ter um grande relacionamento com o presidente Vladimir Putin, mas alertou para o facto de isso poder não acontecer.

Em resposta a uma pergunta sobre tortura, Donald Trump afirmou que não depende dele o regresso das chamadas técnicas agressivas de interrogatório, mas sim do secretário da Defesa, James Mattis.