EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

EUA: Lance Armstrong enfrenta processo de 100 milhões

EUA: Lance Armstrong enfrenta processo de 100 milhões
Direitos de autor 
De  Miguel Roque Dias com AFP; Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um juiz federal dos Estados Unidos da América abriu o caminho para um processo que pode custar cerca de 100 milhões de dólares ao ciclista Lance Armstrong, ao considerar válidas as acusações das autor

PUBLICIDADE

Um juiz federal dos Estados Unidos da América abriu o caminho para um processo que pode custar cerca de 100 milhões de dólares ao ciclista Lance Armstrong, ao considerar válidas as acusações das autoridades norte-americanas.

O Departamento de Justiça acusou Armstrong de defraudar o Governo ao aceitar milhões de dólares de patrocínio do Serviço Postal dos Estados Unidos (USPS), ao liderar a equipa numa série de vitórias na Tour de France, enquanto estava sob o efeito de “doping”.

.lancearmstrong</a> loses bid to halt $100 million lawsuit filed by former teammate Floyd Landis <a href="https://t.co/dGeXiE34xF">https://t.co/dGeXiE34xF</a> <a href="https://t.co/LKFZYWjCm1">pic.twitter.com/LKFZYWjCm1</a></p>&mdash; NY Daily News Sports (NYDNSports) February 14, 2017

Lance Armstrong viu a Agência Antidoping dos Estados Unidos retirar-lhe, em 2012, os sete títulos da Tour, ficando banido da modalidade.

O antigo companheiro de equipa de Armstrong, Floyd Landis, iniciou o processo em 2010 ao abrigo de uma lei federal, a “False Claims Act”, equivalente ao “Direito Premial”, em Portugal (“Delação Premiada”, no Brasil), que permite que os delatores sejam recompensados, pelo Estado, em casos de fraude.

O Departamento de Justiça aderiu ao caso em fevereiro de 2013.

Armstrong, defende que os benefícios do USPS superaram os custos do patrocínio. O ciclista tentou, em abril de 2016, que o caso fosse resolvido por julgamento sumário.

O Serviço Postal desembolsou cerca de 32,3 milhões de dólares patrocinando a equipa de ciclismo Tailwind Sports Corp, já extinta, de 2000 a 2004.

O Governo calculou que os danos triplicam esse valor. Caso a justiça decida contra Armstrong, Floyd Landis poderá vir a recener até 25% do valor que as autoridades norte-americanas venham a receber.

Lance Armstrong, que durante anos negou as acusações de “doping”, admitiu em 2013, numa entrevista a Oprah Winfrey, ter recorrido a estupefacientes proibidos, enquanto competia.

Com: AFP; Reuters

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lance Armstrong aceita pagar 5 milhões

J.D. Vance aceitou nomeação do Partido Republicano para a vice-presidência de Trump

Biden infetado com covid-19 suspende ações de campanha