Última hora
This content is not available in your region

Águias para combater uso ilegal de drones civis

Águias para combater uso ilegal de drones civis
Tamanho do texto Aa Aa

Águias contra drones: não é o nome de um videojogo, nem de um filme de ficção científica, mas sim uma opção bastante real, atualmente explorada em França.

O Exército francês começou a treinar águias-reais para capturarem em pleno voo os pequenos aparelhos telecomandados. O objetivo é claro: combater o uso ilegal de drones civis, nomeamente face à possibilidade do seu recurso em ataques terroristas.

O treino – que dura seis meses – começa desde a mais tenra idade, habituando as crias das águias a perseguir e atacar diferentes modelos de drones.

Atualmente, a Força Aérea francesa conta com quatro animais adultos já treinados, que curiosamente receberam os nomes de D’Artagnan e dos três mosqueteiros: Athos, Porthos e Aramis.

A França não é o único país a explorar esta opção: na Holanda, a polícia conta já com várias águias usadas para combater a utilização de drones civis em áreas classificadas como restritas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.