Turquia elimina 44 combatentes do Daesh na síria

Turquia elimina 44 combatentes do Daesh na síria
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Al-Bab é um dos pontos mais quentes da Síria, único local onde as quatro fações em conflito estão presentes em número significativo.

PUBLICIDADE

A Turquia anunciou a morte de 44 combatentes do grupo Estado Islâmico numa operação conjunta com os Estados Unidos e grupos rebeldes apoiados por Ancara em Al Bab, no norte da Síria.

Desde o início da operação “Escudo do Eufrates”, nome de código para a intervenção da Turquia na Síria, morreram também 69 militares turcos.

Al-Bab é um dos pontos mais quentes da Síria, único local onde as quatro fações em conflito estão presentes em número significativo: As tropas governamentais, o Daesh, o Exército Livre da Síria, rebeldes moderados apoiados pelos turcos, e as forças curdas. Al-Bab é ainda considerada um bastião do Daesh.

Noutra província também dominada ainda pelos radicais islâmicos, Deir El-Zor, as Forças Democráticas Sírias conseguiram penetrar pela primeira vez. Esta é uma coligação que inclui milícias curdas e árabes. A incursão em Deir El-Zor é passo no caminho para a conquista de Raqqa, a autoproclamada capital do Daesh na Síria.

BREAKING: SDF units from Bir Haba and Makman fronts have met, encircling IS in multiple villages #Raqqa: ANF – agirecudi</a> <a href="https://t.co/OERqzAkbfz">pic.twitter.com/OERqzAkbfz</a></p>— Conflict News (Conflicts) February 22, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bombardeamentos turcos contra milícias curdos faz pelo menos 20 mortos

Ataque aéreo provoca várias vítimas mortais num mercado no noroeste da Síria

Erdogan anuncia morte de líder do Estado Islâmico