EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Theresa May: "Não vamos deixar que o mal e o ódio nos dividam"

Theresa May: "Não vamos deixar que o mal e o ódio nos dividam"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“Atacaram o mais antigo parlamento do mundo e não foi ao acaso” – a reação de Theresa May, a primeira-ministra britânica que se encontrava no parlamento no momento do…

PUBLICIDADE

“Atacaram o mais antigo parlamento do mundo e não foi ao acaso” – a reação de Theresa May, a primeira-ministra britânica que se encontrava no parlamento no momento do ataque.

“O local deste ataque não foi escolhido ao acaso, o terrorista escolheu atacar o coração da nossa capital, onde pessoas de todas as nacionalidades, religiões e culturas se juntam para celebrar os valores de liberdade, democracia e liberdade de expressão. Estas ruas de Westminster, casa do mais antigo parlamento do mundo, estão imbuídas de um espírito de liberdade que ecoam nos mais longínquos cantos do mundo. Amanhã de manhã, o parlamento vai reunir-se como é normal e os londrinos e outras pessoas de todo mundo que vieram até aqui para visitar esta grande cidade, vão continuar as suas vidas como é normal. Vão apanhar os comboios, deixar os hotéis e percorrer estas ruas. Vão viver as suas vidas e vamos avançar juntos, nunca cedendo ao terror e nunca permitindo que as vozes do ódio e o mal nos dividam”, declarou.

Segurança apertada nos próximos dias mas o nível de alerta terrorista mantem-se inalterado, confirmou a chefe de governo.

O alerta encontra-se no nível quatro de uma escala até cinco desde 2014.

We will all move forward together, never giving in to terror or allowing the voices of hate & evil to drive us apart https://t.co/3745qXGpcf

— Theresa May (@theresa_may) March 22, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

William apareceu sem Kate na "Garden Party" de verão do Palácio de Buckingham

Jovem de 13 anos morre após ataque com espada em Londres

Sunak anuncia: voos de deportação do Reino Unido para o Ruanda devem começar dentro de poucos meses