Gatos vadios de Madrid nas mãos de voluntários

Gatos vadios de Madrid nas mãos de voluntários
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O município de Madrid busca voluntários para tratarem os gatos vadios da cidade.

PUBLICIDADE

O município de Madrid busca voluntários para tratarem os gatos vadios da cidade. Uma iniciativa que tem como objetivo poupar a vida a centenas de felinos. A edilidade já emitiu uma centena e meia de licenças as cidadãos que, de forma graciosa, alimentam e cuidam dos bichanos. Como contrapartida os voluntários têm que vacinar e castrar os felídeos.

“Os gatos estão esfomeados e neste local há muito lixo. Foi por isso que decidi cuidar deles. Significam muito para mim. Posso parecer um pouco louca mas sou capaz de gastar mais de 200 euros por mês porque temos de os esterilizar e de os desparasitar” – confessa Josefina Gutierrez.

A contribuição do município de Madrid é demasiado pequena para cobrir os gastos de Josefina. O programa foi lançado há um ano em parceria com a sociedade protetora dos animais e plantas da capital espanhola. Cerca de 14 mil gatos mil gatos são abatidos todos os anos em Espanha depois de terem sido capturados pelos serviços municipais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Um arquiteto juntou-se a 17 famílias e nasceu a primeira cooperativa de habitação em Madrid

Só em janeiro, Canárias receberam mais migrantes do que na primeira metade de 2023

Vinícius Júnior, jogador do Real Madrid, não conseguiu conter as lágrimas ao falar de racismo