Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Útero artificial é esperança para bebés prematuros

Útero artificial é esperança para bebés prematuros
Tamanho do texto Aa Aa

Cientistas norte-americanos desenvolveram um envólucro em formato de útero e cheio de fluido que pode significar a diferença entre a morte e a sobrevivência para bebés muito prematuros.

Em ensaios clínicos com cordeiros, os cientistas conseguiram emular o ambiente uterino e as funções da placenta, o que permitiu a crias prematuras concluir a formação dos pulmões e outros órgãos vitais. O estudo foi publicado na revista Nature Communications e representa uma esperança para bebés muito prematuros.

Um bebé humano é considerado prematuro se nascer antes das 37 semanas de gestação e prematuro crítico se o fizer antes das 26 semanas.
Transpor este dispositivo para bebés prematuros críticos, mantendo-os aí até à 28a semana de “gestação”, permitiria fazer cair a taxa de mortalidade de 90% para menos de 10% e o risco de sequelas de 90% para 30%, segundo um dos autores do estudo.

Cerca de 30 mil prematuros críticos nascem nos Estados Unidos anualmente.