EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Itália: Mais de 1500 feridos em debandada durante a Liga dos Campeões

Itália: Mais de 1500 feridos em debandada durante a Liga dos Campeões
Direitos de autor 
De  Miguel Roque Dias com AFP, LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O incidente ocorreu numa praça, no centro da cidade, onde milhares de pessoas assistiam à final da Liga dos Campeões.

PUBLICIDADE

Mais de 1500 pessoas ficaram feridas, na noite de sábado em Turim, em Itália, numa debandada devido a um falso alarme que causou o pânico.

O incidente ocorreu numa praça, no centro da cidade, onde milhares de pessoas assistiam à final da Liga dos Campeões.

200 injured in Juventus fan panic after bomb scare in Turin https://t.co/6jgQacQT3Spic.twitter.com/B7rNlu4s9r via AFP</a></p>— Liveuamap (Liveuamap) June 3, 2017

Pelas 22:15 locais, menos uma hora em Lisboa – os adeptos começaram a correr, em pânico, depois de alegadamente terem ouvido explosões, no que se verificou ter sido um falso alarme.

A maioria das vítimas registou ferimentos ligeiros, como contusões ou escoriações.

Os feridos foram encaminhados para vários hospitais de Turim. Oitos estão em estado grave. Uma jovem e uma criança encontram-se com prognóstico reservado.

Os adeptos encontravam-se na praça de São Carlos, no centro de Turim, a seguir o jogo que foi disputado em Cardife (Reino Unido) e no qual a equipa da cidade, a Juventus, foi derrotada pelo Real Madrid por 4-1.

A equipa espanhola, que contou com dois golos de Cristiano Ronaldo, conquistou assim a sua 12.ª Liga dos Campeões e tornou-se a primeira a conquistar a prova em dois anos consecutivos desde que esta ficou com o nome atual, em 1992/93.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chuvas torrenciais provocam inundações e caos no norte de Itália

Centenas de residentes em Veneza manifestam-se contra “taxa de entrada” para turistas

Ministro do Interior britânico visita Itália para discutir formas de lidar com a imigração ilegal