Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Itália: Mais de 1500 feridos em debandada durante a Liga dos Campeões

Itália: Mais de 1500 feridos em debandada durante a Liga dos Campeões
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 1500 pessoas ficaram feridas, na noite de sábado em Turim, em Itália, numa debandada devido a um falso alarme que causou o pânico.

O incidente ocorreu numa praça, no centro da cidade, onde milhares de pessoas assistiam à final da Liga dos Campeões.


Pelas 22:15 locais, menos uma hora em Lisboa – os adeptos começaram a correr, em pânico, depois de alegadamente terem ouvido explosões, no que se verificou ter sido um falso alarme.

A maioria das vítimas registou ferimentos ligeiros, como contusões ou escoriações.

Os feridos foram encaminhados para vários hospitais de Turim. Oitos estão em estado grave. Uma jovem e uma criança encontram-se com prognóstico reservado.

Os adeptos encontravam-se na praça de São Carlos, no centro de Turim, a seguir o jogo que foi disputado em Cardife (Reino Unido) e no qual a equipa da cidade, a Juventus, foi derrotada pelo Real Madrid por 4-1.

A equipa espanhola, que contou com dois golos de Cristiano Ronaldo, conquistou assim a sua 12.ª Liga dos Campeões e tornou-se a primeira a conquistar a prova em dois anos consecutivos desde que esta ficou com o nome atual, em 1992/93.