Doze suspeitos detidos após noite de terror em Londres

Doze suspeitos detidos após noite de terror em Londres
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

A Grã-bretanha volta a ser palco de um atentado pela terceira vez desde Março. Pelo menos sete pessoas morreram e quase meia centena ficaram feridos na sequência de dois ataques coordenados esta noite no sul de Londres.

A polícia abateu três homens que, a bordo de uma carrinha, atropelaram vários transeuntes no bairro de London Bridge antes de apunhalarem dezenas pessoas no interior de vários bares e restaurantes na zona de Borough Market.

Segundo as autoridades os três suspeitos, cuja identidade não foi ainda divulgada, envergariam falsos coletes de explosivos.

A polícia londrina confirmou esta manhã que vários agentes encontram-se entre os feridos dos atentados.

.@MPFed: "Our colleagues were among the injured in the attack last night. We are offering them our full support.” https://t.co/AvJ5BzFg7gpic.twitter.com/XbWw2W4sFM

— Royston Martis (@RoamingRoyston) June 4, 2017

Doze suspeitos foram detidos esta manhã durante uma operação de polícia no bairro de Barking, no leste de Londres. Os suspeitos teriam ligações ao atentado de ontem.

12 arrests in connection with last night's attacks in #LondonBridge & #BoroughMarkethttps://t.co/JCGAWuNpO9pic.twitter.com/T1SLWAkKF4

— Metropolitan Police (@metpoliceuk) June 4, 2017

A ação, considerada como um atentado terrorista, ainda não foi reivindicada. O ataque ocorre a quatro dias das legislativas antecipadas de quinta-feira.

Os principais partidos britânicos suspenderam entretanto a campanha eleitoral pelo menos até este domingo à noite.

O presidente da Câmara de Londres afirmou-se “chocado e revoltado” com a ação numa das zonas da noite londrina:

We are all shocked and angry today - but this is our city. We will never let these cowards win and we will never be cowed by terrorism. pic.twitter.com/o7ZMwg28mv

— Mayor of London (@MayorofLondon) June 4, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ex-advogado torna-se no artista LEGO mais famoso do mundo

Rishi Sunak saúda recuperação das instituições autónomas na Irlanda do Norte

Mais de mil tochas acesas na celebração Viking no Reino Unido