EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Brasil: Samba protesta contra corte de apoios no Rio de Janeiro

Brasil: Samba protesta contra corte de apoios no Rio de Janeiro
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Diversas escolas de samba protestaram nas ruas cariocas contra a decisão da Prefeitura (câmara municipal) de cortar as subvenções anuais pela metade.

PUBLICIDADE

Várias escolas de samba protestaram sábado à tarde no Rio de Janeiro contra o corte de 50 por cento nas subvenções municipais ao setor. Dezenas de funcionários atingidos pelos cortes concentraram-se diante da Prefeitura (câmara municipal) carioca e depois desfilaram até ao Sambódromo ao som de músicas com letras de protesto.

O autarca Mauricio Crivell justifica o corte nos subsídios do samba com a necessidade de financiamento das creches convencionadas pela autarquia, as quais acolhem cerca de 12.000 crianças.

SEM CARNAVAL?
Redução de verba da prefeitura inviabiliza o carnaval 2018, dizem Liesa e escolas de samba https://t.co/ZPF87qk27v

— Roda de Samba (@Roda_de_Samba) 15 de junho de 2017

Os manifestantes dizem que as crianças necessitadas no Rio de Janeiro são muitas mais do que as apoiadas pela Prefeitura, falam de um ataque ao maior espetáculo carioca e acusam o autarca de demagogia.

Cada escola de samba recebia um apoio anual de dois milhões de reais — cerca de 540 mil euros — e vai agora passar a receber metade desse valor.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protesto assinala morte de polícias no Rio de Janeiro

Abertura da Bienal de Veneza marcada pelas guerras

Novo mural de Banksy foi vandalizado com tinta branca