EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Morte de português em Londres provoca confrontos com a polícia

Morte de português em Londres provoca confrontos com a polícia
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Edir "Edson" Frederico Da Costa, de 25 anos, foi interpelado pela polícia a 15 de junho, acabou no hospital, onde morreu seis dias depois, com a família e amigos a falar de brutalidade policial.

PUBLICIDADE

Seis agentes da polícia britânica ficaram feridos e pelo menos quatro pessoas foram detidas, em Londres, após confrontos ocorridos domingo à noite na sequência dos protestos contra a alegada violência policial que terá levado à morte, na semana passada, de um português na capital do Reino Unido.

Edir Frederico Da Costa, de 25 anos, foi interpelado pela polícia por volta, a 15 de junho, por volta das 22 horas locais, no leste de Londres, quando seguia numa viatura com mais duas pessoas.

com um filho e com a namorada grávida do segundo, noticiou o jornal Newham Recorder, Edson, como era conhecido o português, viria a dar entrada num hospital em estado grave após o encontro com a polícia e morreu seis dias depois.

Crowdfunder to help ‘beautiful son’ of East Ham man #Edson Da Costa who died after police stop https://t.co/Q2hNOPWIaipic.twitter.com/WfMnvXwtve

— Newham Recorder (@NewhamRecorder) 23 de junho de 2017

A família e os amigos acusam polícia de brutalidade e recurso a gás lacrimogéneo contra Edson e exigem justiça. Uma investigação foi aberta, mas após uma primeira autópsia não foram encontradas lesões que indiciassem o uso de força excessiva, divulgou sexta-feira a Comissão Independente de Reclamações da Polícia (IPCC, na sigla original).

Os patologistas iriam realizar mais exames para tentar definir a causa da morte, adianta o organismo.

Following an update to Edir Frederico Da Costa’s family on the preliminary post mortem report, we can provide the following update pic.twitter.com/WtGkm71QLT

— IPCC (@IPCCNews) 23 de junho de 2017

Este domingo, ao fim da tarde, uma manifestação sob o lema “justiça para Edson” concentrou dezenas de pessoas diante da esquadra de Forst Gate, no leste de Londres. O protesto degenerou em confrontos na zona de Stratford, não muito longe.

Os manifestantes acusam as forças policiais de racismo e do uso excessivo de força contra grupos étnicos minoritários.

Edson Da Costa protest: Stand-off between riot police and protestors of #JusticeForEdson in Stratford https://t.co/ATEC9RScZEpic.twitter.com/N3DLB6DwE8

— Newham Recorder (@NewhamRecorder) 25 de junho de 2017

Whole heap of madness at Forest Gate Police station! #NoJusticeNoPeace#BlackDeathsInCustody#JusticeForEdsonpic.twitter.com/CepE4Gi8lZ

— Eneka Quamina (@EnekaQuamina) 26 de junho de 2017

Truth. #justiceforEdsonpic.twitter.com/SzLd3Vs1as

— #BlackLivesMatterUK (@ukblm) 25 de junho de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vítimas da violência na Irlanda do Norte põem governo em tribunal

Marcha pela reintegração do Reino Unido na União Europeia

Manifestantes no Quénia entram em confronto com a polícia de choque