Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Novo prazo para Doha cumprir com exigências da lista

Novo prazo para Doha cumprir com exigências da lista
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com agências

A Arábia Saudita e os países aliados anunciaram a decisão de prolongar por mais 48 horas o ultimato feito ao Qatar para responder positivamente a uma lista de 13 exigências no quadro da crise no Golfo.

De acordo com um comunicado publicado pela agência noticiosa saudita SPA, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, o Bahrein e o Egito aceitaram prolongar o ultimato após o Qatar ter anunciado que vai entregar na segunda-feira, ao emir do Kuwait, a sua resposta às exigências apresentadas.




Na lista de exigências consta o encerramento da televisão multilingue al-Jazeera e de uma base militar turca, além da limitação das relações com o Irão.

A Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos e Bahrein cortaram relações diplomáticas com o Qatar, que acusam de apoio a movimentos militantes jiadistas e a partidos e movimentos xiitas, na mais grave crise regional desde a guerra do Golfo de 1991