Novo prazo para Doha cumprir com exigências da lista

Novo prazo para Doha cumprir com exigências da lista
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dois dias anunciados por meios de comunicação sauditas. Kuwait terá feito o pedido como mediador.

PUBLICIDADE

Com agências

A Arábia Saudita e os países aliados anunciaram a decisão de prolongar por mais 48 horas o ultimato feito ao Qatar para responder positivamente a uma lista de 13 exigências no quadro da crise no Golfo.

De acordo com um comunicado publicado pela agência noticiosa saudita SPA, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, o Bahrein e o Egito aceitaram prolongar o ultimato após o Qatar ter anunciado que vai entregar na segunda-feira, ao emir do Kuwait, a sua resposta às exigências apresentadas.

Al-Awwad: #Saudi Arabia is keen to support all means of curbing #terrorism, eradicating it and cutting off its financing altogether. pic.twitter.com/TGFbegvi0W

— SPAENG (@Spa_Eng) 1 juillet 2017

Na lista de exigências consta o encerramento da televisão multilingue al-Jazeera e de uma base militar turca, além da limitação das relações com o Irão. A Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos e Bahrein cortaram relações diplomáticas com o Qatar, que acusam de apoio a movimentos militantes jiadistas e a partidos e movimentos xiitas, na mais grave crise regional desde a guerra do Golfo de 1991

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Crise do Golfo: A leitura de um especialista

Catar: promover o desporto como um pilar da nação

Ciência, negócios e desportos: Mulheres que estão a fazer a diferença no Qatar