EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Holanda promete julgar responsáveis de queda de avião da Malaysia Airlines

Holanda promete julgar responsáveis de queda de avião da Malaysia Airlines
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ainda não há suspeitos de responsabilidade na queda do avião da Malaysia Airlines, em 2014, mas quando houver eles serão julgados por um tribunal holandês.

PUBLICIDADE

Ainda não há suspeitos de responsabilidade na queda do avião da Malaysia Airlines, em 2014, mas quando houver eles serão julgados por um tribunal holandês. Uma informação do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Holanda que adianta ainda que a equipa de investigação, liderada pelos holandeses, e que inclui também a Austrália, Bélgica, Malásia e a Ucrânia, continuará a operar durante a “fase da acusação”. Para já ninguém foi acusado.

Em 2015 a Rússia tentou bloquear a investigação. No mesmo ano uma comissão holandesa investigava o caso e concluía que o avião foi atingido por um rocket russo, lançado do território ocupado pelos separatistas pró-Rússia.

O acidente matou as 298 pessoas que seguiam no voo MH17, que ligava Amesterdão a Kuala Lumpur. O avião caiu em território ucraniano. As vítimas eram de 17 países.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tragédia do voo #MH17 provoca braço de ferro entre Holanda e Rússia

MH17: Rússia denuncia investigação "tendenciosa"

MH17: Avião foi abatido por míssil proveniente da Rússia