EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Presidente do Conselho Europeu ouvido sobre Molensk

Presidente do Conselho Europeu ouvido sobre Molensk
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

O Presidente do Conselho Europeu e ex-primeiro ministro da Polónia, Donald Tusk, compareceu esta quinta-feira na Procuradoria-Geral polaca enquanto testemunha.

Apoiantes de Tusk assistiram à sua chegada para dar prossecução ao inquérito reaberto sobre o acidente do avião presidencial em que morreram os 96 ocupantes do aparelho, entre os quais se incluía o presidente do país, Lech Kaczinsky, irmão gémeo de Jaroslaw Kaczinsky e líder do partido conservador nacionalista no poder na Polónia.

Dzięki za wsparcie, ale #WielkiSpacer będzie długi. Zachowajcie siły. Jesteście przyszłością – nie bierzcie na siebie ciężarów przeszłości.

— Donald Tusk (@donaldtusk) July 29, 2017

A queda do avião, em 2010 e em Smolensk, na Rússia, vitimou representantes da elite política, militar e eclesiástica da Polónia.

A nova comparência de Donald Tusk quer apurar se houve negligência do executivo polaco ante as autoridades russas nas autópsias feitas às 96 vítimas. Segundo o partido no poder, Tusk não terá feito o possível para apurar as causas do acidente do avião presidencial enquanto primeiro-ministro do partido liberal de centro-direita, de 2007 a 2014.

Donald Tusk já declarou anteriormente que a convocatória é uma manobra política.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Avião militar russo despenha-se com 15 pessoas a bordo

Aberta a guerra da informação sobre abate de avião militar russo

Regras de segurança apertadas salvaram passageiros do avião que se incendiou em Tóquio