Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Triplicam os migrantes a chegar a Espanha

Triplicam os migrantes a chegar a Espanha
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha pode ultrapassar a Grécia nas chegadas de migrantes por mar, em 2017.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações, o grosso do fluxo migratório continua a passar por Itália mas Espanha está a tornar-se cada vez mais numa opção.

Exemplo disso, esta semana dezenas de migrantes desembarcaram numa praia repleta de turistas perto de Cádiz, na Andaluzia, após terem atravessado o estreito de Gibraltar.

Segundo a agência da ONU, desde o início de janeiro, até agosto, mais de 8300 migrantes desembarcaram em Espanha, três vezes mais do que os números registados no mesmo período de 2016.

Desde o início de 2017, mais de 96 mil chegaram a Itália e mais de 11 mil migrantes conseguiram alcançar as costas da Grécia.


De acordo com Inigo Villa, um responsável da Cruz Vermelha espanhola, este “não é um fenómeno novo”. Villa refere que está mais mediatizado por causa do conflito na Síria mas “é preciso recordar que Espanha, em 2006, recebeu 40 mil pessoas.”

A Organização Internacional para as Migrações justifica o novo cenário com o facto de a maioria destes migrantes serem provenientes da África Ocidental e “uma parte deste fluxo passar por Marrocos” devido à instabilidade política que se vive na Líbia.