Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Coreia do Sul e EUA em exercícios militares conjuntos

Coreia do Sul e EUA em exercícios militares conjuntos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram esta segunda-feira exercícios militares conjuntos, informou o exército sul-coreano.

Pyongyang já reagiu, avisando que estas manobras militares vêm agravar as tensões na região e são uma repetição provocativa da invasão do território norte-coreano e ameaçando, como todos os anos, com uma retaliação militar.

Em resposta, o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, sublinhou que se trata de manobras puramente defensivas:

“O objetivo destes exercícios militares é verificar as capacidades defensivas de nossos civis, governo e forças armadas, para garantir a vida e a segurança do nosso povo. É um exercício anual de natureza defensiva e não há nenhuma intenção de aumentar as tensões militares em na península coreana “.

Os movimentos pacifistas sul-coreanos organizaram manifestações de protesto diante do gabinete da Presidência. Confrontado à retórica bélica entre Washington e Pyongyang, o presidente sul-coreano avisou recentemente que os Estados Unidos não devem avançar com nenhuma operação militar na península coreana sem o consentimento de Seul.