EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ex-primeira-ministra da Tailândia não comparece em Tribunal

Ex-primeira-ministra da Tailândia não comparece em Tribunal
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

A ex-primeira-ministra da Tailândia, Yingluck Shinawatra não compareceu à leitura da sentença em tribunal alegando estar doente.
O Supremo Tribunal do país adiou a audiência para o dia 27 de setembro e emitiu uma ordem de prisão – já que o que advogado da antiga primeira-ministra não apresentou nenhum documento que comprovasse o seu estado de saúde. Segundo fontes próximas a antiga governante já terá abandonado o país.

Está acusada de negligência num processo de atribuição de subsídios aos produtores de arroz que terá fomentado a corrupção e provocado enormes perdas financeiras. Centenas de seguidores concentraram-se nos arredores do tribunal, numa demonstração de apoio à ex-governante, apesar das fortes medidas de segurança. Yingluck afirma que é inocente diz-se vítima de um jogo político. Se for considerada culpada, pode enfrentar uma pena de 10 anos de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protesto contra primeiro-ministro é bloqueado pela polícia

Ex-primeiro-ministro regressa à Tailândia após 15 anos de autoexílio e é detido

Antigo primeiro-ministro tailandês Thaksin Shinawatra está em liberdade condicional