Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Japoneses dominam segundo dia dos Mundiais de Budapeste

Japoneses dominam segundo dia dos Mundiais de Budapeste
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Fim do sonho para a bicampeã Kelmendi

Era a cara do sucesso: Em Budapeste, Majlinda Kelmendi, do Kosovo, estava à espera de conseguir um terceiro título mundial na categoria de menos de 52 quilos. Ao longo de todo o dia, a judoca kosovar passou uma mensagem de força e confiança.

Mas na meia-final, a japonesa Ai Shishime foi mais forte que ela. A número cinco da classificação mundial pôs um ponto final nos sonhos da número um da categoria, neste campeonato do mundo. Na final, encontrou a compatriota Natsumi Tsunoda e não teve qualquer problema em vencer por ippon.

“Nunca nenhuma japonesa tinha conseguido parar a camepeã em título Kelmendi. Por isso, ter conseguido derrotá-la e chegar à final foi ainda mais especial”, disse a nova campeã do mundo.

Domínio absoluto dos japoneses

Kelmendi parece ter sido o único obstáculo no caminho dos japoneses, neste segundo dia dos mundiais. Os judocas japoneses estiveram imparáveis.

Na competição masculina, na categoria de menos de 66 quilos, o jovem Hifumi Abe, de apenas 20 anos, medalha de prata em juniores, varreu tudo do princípio ao fim.

Na final, enfrentou Mikhail Puliaev, da Rússia. O ex-vice-campeão mundial foi tudo menos um adversário acessível, mas Abe fez o complicado parecer fácil – e de uma grande beleza.

“Estou, ao mesmo tempo, aliviado e contente. Neste momento, estou mais contente que outra coisa”, confessou Abe, no fim do combate.

Até agora, o Japão conseguiu quatro medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze – isto apenas ao fim de dois dias de competição. Ao terceiro dia, entra em jogo o número um mundial na categoria de menos de 73 quilos em masculinos, Soichi Hashimoto. Quem vai conseguir parar os japoneses?

Cantinho VIP

Hoje, no cantinho VIP, o convidado é Neil Eckersley. Artista e antigo campeão de judo. Medalha de bronze em dois jogos olímpicos e sétimo dan: “O que mais me inspira e mais me impressiona é o profissionalismo, o espírito de equipa e o respeito que todos os atletas que estiveram aqui hoje demonstraram”, contou-nos.

Momento do dia

O momento do dia foi o encontro entre o campeão olímpico, o italiano Fabio Basile e o campeão em título An Baul, da Coreia do Sul (masculinos, -66 kg) .Um encontro que repetiu a final dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas que aconteceu na terceira ronda. Ambos acabaram o combate exaustos e foi Baul a passar à próxima ronda.