Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Detido homem suspeito de estar envolvido no ataque em Londres

Detido homem suspeito de estar envolvido no ataque em Londres
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia britânica deteve um homem suspeito de estar envolvido no ataque desta sexta-feira, no metro de Londres. O homem de 18 anos foi detido esta manhã no porto de Dover, no sudeste de Inglaterra. De acordo com a imprensa britânica, o suspeito estaria a prepara-se para atravessar o canal da Mancha.

A chefe de Governo, Theresa May, elevou o nível de alerta para crítico, o mais elevado numa escala de cinco. Nas ruas, aumentou o número de polícias e de militares armados.

Uma britânica diz “estar um pouco transtornada” desde logo porque tem filhos e porque as pessoas têm de trabalhar. Pelo que considera que “não havia necessidade disto.” Um outro residente londrino defende que as medidas de segurança são positivas. “Sinto-me mais protegido ao ver a polícia na rua. Não penso que seja mau, mas isto mostra que temos de estar mais atentos ao que se passa à nossa volta” afirma. É isso, mesmo, que as autoridades britânicas pedem à população numa altura em que admitem que um outro atentado possa estar iminente.

A estação de metro de Parsons Green, no sudoeste de Londres, foi reaberta este sábado. De acordo com o mais recente balanço, a explosão da bomba de fabrico artesanal provocou 30 feridos.

O ataque já foi reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico.